sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Seminário de EJA apresenta experiências pedagógicas exitosas do Agreste Meridional

Cerca de 40 professores participaram hoje (09), na sede da GRE do Agreste Meridional, do I Seminário de Socialização das Experiências Exitosas em Educação de Jovens e Adultos. O evento foi uma realização da Coordenação Geral de Desenvolvimento da Educação (CGDE), através da Unidade de Acompanhamento de Jovens e Adultos e Correção de Fluxo (UJC) da GRE.

Após a abertura, o Seminário contou com uma mesa de diálogo com a Dra. Adelina Maria Salles Bizarro, Professora Adjunta da Universidade de Pernambuco. Ela trouxe uma rica contribuição falando sobre a prática docente da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Também no formato de mesa de diálogo, Carlos Eduardo Alves, Coordenador Geral de Desenvolvimento da Educação da GRE, conversou sobre o tema “Formação Continuada em Serviço: contribuição para a prática pedagógica”. 

Por fim, parte do Seminário foi aberta para apresentações de trabalhos dos profissionais de EJA nas escolas. 15 experiências exitosas foram socializadas sobre a atuação pedagógica nesta modalidade de ensino, sendo 10 apresentações orais e 5 banners.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Projeto Travessia realiza mais uma semana de formação

A Coordenação Geral de Desenvolvimento da Educação (CGDE) da GRE do Agreste Meridional, através da coordenação regional do Projeto Travessia, realizou mais uma semana de formação referente ao I módulo do Ensino Médio e I módulo do Ensino Fundamental do projeto. Entre os dias 06, 07 e 08 de dezembro, 85 educadores das Gerências Regionais de Arcoverde, Afogados da Ingazeira, Caruaru, Nazaré da Mata, Salgueiro, Floresta e Palmares participaram do momento de estudos, na sede da GRE.

O objetivo principal foi alinhar as ações e nortear as especificidades metodológicas inerentes aos referidos módulos iniciais, tais como: componentes curriculares, cronograma, percursos livres de Português e Matemática, projetos pedagógicos complementares, assim como as atividades de integração.

Na manhã de hoje (08), a gerente da GRE, professora Adelma Elias, esteve na formação cumprimentando os participantes e, na sua fala, ressaltou a importância das formações continuadas para o trabalho docente. Ela destacou, ainda, a satisfação de receber profissionais de várias regiões do estado de Pernambuco, considerando que a GRE do Agreste Meridional é consolidada hoje como um pólo de formação para a Secretaria Estadual de Educação. 

Esta foi a terceira semana consecutiva de formações do Projeto Travessia. Nas próximas semanas, duas rodadas de formações ainda serão realizadas, concluindo o ciclo de 2016.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

EREM Regina Pacis premia estudantes destaques nas Olimpíadas de Astronomia e Astronáutica e de Física 2016

Depois de conquistar destaque nacional nas Olimpíadas de Astronomia e Astronáutica e de Física, em 2016, a EREM Regina Pacis, de Palmeirina, realizou na última sexta-feira (02) uma cerimônia de premiação para reconhecer o desempenho dos estudantes participantes. O evento reuniu a comunidade escolar e contou com a participação da gerente da GRE do Agreste Meridional, professora Adelma Elias. 

A EREM Regina Pacis tem um histórico positivo na competição. Há alguns anos a escola vem conquistando colocações de destaque, numa demonstração do trabalho interdisciplinar voltado para a ciência desenvolvido por lá. Este ano, a unidade escolar foi a única do interior de Pernambuco a receber o título de campeã.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Formação da Educação do Campo discute legislação educacional

A GRE do Agreste Meridional, através do Núcleo de Educação do Campo (NEC) e da Célula de Normatização do Sistema Educacional (CNS), participou, nos últimos dias 1º e 02 de dezembro, em Carpina-PE, da formação sobre “Legislação e Normatização Educacional: organização escolar do campo”, promovida pela Gerência de Políticas Educacionais da Educação do Campo. Representantes de cinco escolas da região também participaram do encontro. 

A iniciativa faz parte do conjunto de ações formativas, de acompanhamento e de monitoramento da Secretaria de Educação de Pernambuco junto à rede. Para este momento específico, o objetivo foi promover atualização e pactuação profissional a respeito dos instrumentos legais e normativos que organizam a escola do campo, no que diz respeito à Educação de Jovens e Adultos (EJA) e à Educação Básica. 

A programação do evento contou com a participação direta do Agreste Meridional. Com a exposição “Dificuldades e dilemas escolares quanto à organização legal e normativa da escola do campo”, a Supervisora do NEC, Stephany Lins, apresentou a experiência vivida na região sobre o tema. 

Como resultado do encontro, a expectativa é que as escolas do Agreste Meridional que atendem as populações do campo apresentem os Regimentos Escolares e Projetos Político-Pedagógicos até o dia 13 de janeiro de 2017.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Em apresentação de projetos interdisciplinares, pós-intercambistas encerram ciclo do Programa Ganhe o Mundo

17 estudantes da rede estadual encerraram hoje (05) o ciclo de participação no Programa Ganhe o Mundo (PGM). Após a realização do intercâmbio no Chile e na Nova Zelândia, eles entregaram e apresentaram, na sede da GRE do Agreste Meridional, seus projetos interdisciplinares de Pós-Intercambistas 2016.1.

O momento correspondeu à Reunião de Culminância do PGM, prevista no cronograma de atividades de todos os estudantes que são beneficiados com o intercâmbio. Como contrapartida da participação, eles precisaram elaborar um projeto de intervenção aplicando os conhecimentos adquiridos nos países que residiram por 5 meses e, por fim, socializá-lo com a coordenação do programa.

Da apresentação de hoje, participaram estudantes de cinco unidades escolares: Escola Simoa Gomes (Garanhuns), EREM Frei Caetano de Messina (Bom Conselho), ETE Antônio Dourado Cavalcanti (Lajedo), EREM Deolinda Amaral (Lajedo) e EREM Dom João da Mata Amaral (Garanhuns).

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Estudante da Escola Professa Elvira Viana é medalha de ouro na OBMEP 2016


O Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) anunciou na última quarta-feira (30), os resultados da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) 2016. De acordo com a listagem disponibilizada pela instituição, o Agreste Meridional foi representado com medalha de ouro, bronze e menção honrosa de estudantes na competição.
Elânia Lopes (gestora), Augusto Sérgio e Itamar Tenório, premiados
na OBMEP 2016

A Escola Professora Elvira Viana, de Garanhuns, foi a que chegou mais longe na Olimpíada. Estudante do 7º ano do Ensino Fundamental na unidade de ensino, Augusto Sérgio Belarmino Leite conquistou a medalha de ouro, junto com outros concorrentes de todo o país. “Estava muito ansioso pelo resultado da olimpíada porque eu havia estudado bastante e sabia que tinha feito uma boa prova. Enquanto esperava o resultado eu dizia a minha mãe: ‘eu vou ganhar a medalha de ouro, eu sei que vou’. Estou muito feliz”, comentou o estudante, que tem apenas 12 anos de idade.

Além dele, o professor Itamar Tenório de Oliveira recebeu, como reconhecimento, um diploma de homenagem e um um CD com as edições da Revista do Professor de Matemática. Pelo excelente desempenho na participação, a escola foi premiada com um kit esportivo. 

Os estudantes Elian Alessandro Lima dos Anjos e Letícia Costa Oliveira Silva, ambos da Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra (Garanhuns), também fizeram bonito na OBEMP este ano. Eles marcaram a presença no pódio recebendo medalhas de bronze. Além deles, outros 44 estudantes do Agreste Meridional foram contemplados com Menção Honrosa na competição. 

De acordo com o IMPA, 99,6% municípios brasileiros tiveram inscritos este ano, um novo recorde da competição. A OBMEP 2016 teve 913.889 alunos classificados para a segunda fase. Mais de 90% das 47.474 escolas públicas participantes (123 delas indígenas) levaram alunos para fazer as provas em cerca de 9 mil centros, por todo o país. As cerimônias de entregas dos prêmios da OBMEP ocorrerão em 2017, em datas a serem definidas pela instituição.



Confira a lista de estudantes que receberam Menção Honrosa:

ADRIELE CAVALCANTE DE LIRA (Escola Dom Juvêncio de Britto - Garanhuns)
FILIPE BRANDAO HOLANDA DA SILVA (Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra – Garanhuns)
GIOVANNA SANTOS DE LIMA (Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra – Garanhuns)
JEFFTER MAYRON FERREIRA OLIRIO (Escola Dom Juvêncio de Britto - Garanhuns)
MARIA ALICE CARVALHO GUIMARAES (Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra – Garanhuns)
RENATO DOS SANTOS SILVA (Escola Mestra Beatriz – Bom Conselho)
DANIEL FELIPE AZEVEDO SILVA (Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra – Garanhuns)
FILIPE PAULINO BARBOSA (Escola Simoa Gomes – Garanhuns)
GABRIEL SILVA OLIVEIRA ((Escola Duque de Caxias – Garanhuns)
IURY GABRIEL DUARTE SANTOS (Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra – Garanhuns)
IZABELLA ALMEIDA ROCHA (Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra – Garanhuns)
JOAO PAULO LIMA LEITE (Escola Senador Aderbal Jurema – Garanhuns)

JOÃO MARQUES DA SILVA (EREM Regina Pacis - Palmeirina)
LUCAS GABRIEL CAPUCHO SALES (Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra – Garanhuns)
LUCAS MARQUES VIEIRA (Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra – Garanhuns)
PAULO EDUARDO SALES CHALEGRE (Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra – Garanhuns)
ALEXSANDRO MELQUIADES DE GOIS (EREM Monsenhor Alfredo Damaso – Terezinha)
AYLLA LIVIAN ANTUNES DE OLIVEIRA (EREM Deolina Amaral - Lajedo)
BRAYNER ELLITON DE O ALMEIDA (EREM Rodolfo Paiva – São Bento do Una)
DINARA DE MORAES BRESOLIN (EREM Rodolfo Paiva – São Bento do Una)
ECTOR VANTWYLY SALES DE OLIVEIRA (ETE Antônio Dourado Cavalcanti - Lajedo)
ERICK MATEUS ABREU DA COSTA (EREM Rodolfo Paiva – São Bento do Una)
FILIPE SOUTO DA COSTA (EREM Francisco Pereira da Costa - Iati)
GABRIELA ALMEIDA ROCHA (Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra – Garanhuns)
INALDO NASCIMENTO DA SILVA FILHO (EREM Sebastião Tiago de Oliveira - Jupi)
JADSON DO NASCIMENTO BRAGA (EREM José do Patrocínio Mota – São Bento do Una)
JOAO VICTOR SANTOS DE MELO (EREM Deolinda Amaral - Lajedo)
JOIDE FEITOSA DE VASCONCELOS (EREM Rodolfo Paiva – São Bento do Una)
JOSE EDSON VICENTE DA SILVA (EREM Nossa Senhora do Perpétuo Socorro - Capoeiras)
JUARI HENRIQUE DOS S OLIVEIRA (EREM Monsenhor Alfredo Damaso -Terezinha)
LUIS FILIPE DE MELO NOGUEIRA (EREM João Fernandes da Silva – São João)
MARCELO FERREIRA DA S OLIVEIRA (Escola de Aplicação Professor Ivonita Alves Guerra - Garanhuns)
MARCOS ANTONIO C DA COSTA SILVA (Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra – Garanhuns)
MARIA JULIANA SALES BARBOSA (Escola Elpidio Barbosa Maciel)
MARIA STTEPHANNY SILVESTRE CABRAL (EREM Augusto Lúcio da Silva - Correntes)
MATEUS DE ALMEIDA VENTURA (EREM Coronel Nicolau Siqueira – Águas Belas)
MATHEUS LUIZ DA SILVA (EREM Luiz Pereira Júnior - Caetés)
MAYLLE TALLYTA O CAVALCANTE (EREM Rodolfo Paiva – São Bento do Una)
NICOLAS MATEUS MUNIZ (EREM Deolinda Amaral - Lajedo)
NINA DE CARVALHO MAIA (EREM de Garanhuns)
PAULA DE LIMA SOUZA (EREM Dom João da Mata Amaral)
RAISSA SOARES DE SOUZA (EREM Augusto Lúcio da Silva - Correntes)
SAULO DE TASSO M DO CARMO FILHO (EREM Rodolfo Paiva – São Bento do Una)
VICTOR CESAR BEZERRA MARCOLINO (Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra – Garanhuns)
VICTOR FRANCISCO MENDES DE MATOS (Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra – Garanhuns)

Estudantes da rede pública realizam provas do SAEPE

A última quarta-feira (30) foi o Dia D para a educação pública em todo o Estado. Centenas de milhares de estudantes realizaram, nas suas próprias escolas, as provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica de Pernambuco (SAEPE). A avaliação acontece anualmente para unidades de ensino das redes estadual e municipais, e serve como diagnóstico para nortear as políticas em Educação adotadas para o próximo ano.

Só no Agreste Meridional, 44 escolas estaduais participaram da avaliação. Por aqui foram avaliadas 40 turmas (1.437 estudantes) de 9º ano do Ensino Fundamental e 152 turmas (5.367 estudantes) de 3º ano do Ensino Médio. No total, 6.804 estudantes nos 22 municípios que compõem a região realizaram as provas do SAEPE.

A frequência este ano foi considerada excelente pelos gestores e pela equipe da GRE do Agreste Meridional, com escolas chegando a 100% de presença dos alunos. “A participação dos estudantes é fundamental para termos um diagnóstico mais preciso e com isto novas políticas educacionais e investimentos com vistas ao alcance da qualidade e do sucesso da nossa educação”, comentou a gerente da Gerência Regional de Educação (GRE), professora Adelma Elias.

Ela explica, também, que a avaliação é fundamental para educação de Pernambuco: “A realização do SAEPE é uma ação de grande importância para a Rede Pública de Ensino, em especial para o Governo de Pernambuco, por ter um modelo de gestão focado em resultados como forma de buscar por uma educação de qualidade social. Nesse sentido, foi muito gratificante termos visto o empenho da nossa equipe GRE e da comunidade escolar através da mobilização dos gestores e professores para garantir 100% dos estudantes neste dia 30 fazendo a avaliação. Estamos muito felizes com a participação e envolvimento de todos”, pontuou a gerente.

O SAEPE foi criado em 2000 com o objetivo de fomentar mudanças na educação oferecida pelo Estado, vislumbrando a oferta de um ensino de qualidade. As provas contemplam as disciplinas de Matemática e Língua Portuguesa e são aplicadas para as turmas finais de cada etapa de ensino.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Prêmio Naíde Teodósio reconhece trabalhos sobre gênero do Agreste Meridional

Foto: Alyne Pinheiro
Na última terça-feira (29), o Teatro de Santa Isabel virou palco para mais uma cerimônia de premiação do Prêmio Naíde Teodósio de Estudos de Gênero – Ano 9. Participaram da mesa de abertura a secretária da Mulher, Silvia Cordeiro, a secretária executiva da Secretaria de Educação, Ana Selva, e representantes da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), entre outras entidades. 41 estudantes do Agreste Meridional foram premiados.

Eles são matriculados nas Escolas de Referência em Ensino Médio (EREM) de Garanhuns, Monsenhor João Marques (Saloá), Abílio Monteiro (Lagoa do Ouro) e Augusto Lúcio, além da Escola Técnica Estadual (ETE) Governador Eduardo Campos, do município do São Bento do Una. Eles foram premiados na categoria Ensino Médio. 30 vencedores da categoria Ensino Técnico Subsequente, cinco trabalhos da categoria Professores do Ensino Técnico Subsequente, 27 da categoria Estudantes de Graduação, 16 da categoria Estudantes de Pós-Graduação e cinco da categoria Roteiro de Vídeo Documentário Digital e Curta Metragem também foram premiados na cerimônia.

O prêmio contemplou estudos de gênero, observando as dimensões de classe social, raça, etnia, geração e orientação sexual das mulheres em Pernambuco, nas seguintes modalidades: redações, relatos e/ou projetos de experiência pedagógica, artigos científicos e roteiro para documentário digital de curta-metragem. 

A iniciativa é uma realização da Secretaria da Mulher de Pernambuco (SecMulher-PE) e conta com a parceria da Secretaria de Educação (SEE), a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe), Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE).


PREMIADOS DO AGRESTE MERIDIONAL:

EREM DE GARANHUNS
ADJAYSON GABRIEL PONTES DE ALMEIDA ALVES
ALANY BARBOSA TAVARES
ALISSON DA ROCHA FERREIRA LUZ
ANA CLARA PORTO SOBRINHO
ARTHUR COSTA HOLANDA
BEATRIZ RAMOS FERREIRA
BRUNA ALVES DA SILVA
DAIANE DE OLIVEIRA SILVA
DEBORA ANDREZA GALINDO DE MELO
EMILY CAMILO LOPES
GEOVANNA EXPEDITA DA SILVA
GEOVANNA SOARES VIEIRA
JOACI LAURINDO DE SOUZA FILHO
JOAO RICARDO JUSTO LINS
JULIANA DE SOUZA HENRIQUE
LUAN SANTOS SOARES BEZERRA
LUANA DE LIMA MARQUES
LUCAS DOMINGOS BARROS
MARCELLA FERNANDA PEREIRA SOUZA
MARIA BEATRIZ VIANA TEIXEIRA CALADO
MARIA EDUARDA ALENCAR FERRO DE LIMA
MARIA RAFAELA CAMELO RIBEIRO
MATEUS BARBOSA FERREIRA
NICHOLE EMÍLIA DE ANDRADE ALVES
NINA DE CARVALHO MAIA
PAULO CÉSAR DE SOUSA FERREIRA
RAYNAN DE FREITAS MARTINS SANTOS
RUTHYELEN MATIAS DE MELO SOARES
SAMILLY LETÍCIA GOMES CAVALCANTI
SARAH ANDRÉA DE OLIVEIRA SANTOS
WANESSA EMANUELA SOARES DE LIMA

EREM MONSENHOR JOÃO MARQUES
DIANA PEREIRA DOS SANTOS

ETE GOVERNADOR EDUARDO CAMPOS
EMANUEL FERNANDO FERNANDES 
JOÃO VITOR SIQUEIRA DA SILVA 
JÚLIA FERNANDA LOPES DE SENA 
LARISSA SANTOS CUNHA 
MARIA ESTTEFANY DO NASCIMENTO LEÃO 
SARA MARIA DE LIMA SANTOS 

EREM ABÍLIO MONTEIRO
MARIELSON DA SILVA ARAÚJO 
YASMIN LOHAYNNE MORAIS NUNES 

EREM AUGUSTO LÚCIO DA SILVA
ROSEANE FEITOSA DE ALBUQUERQUE

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Trabalhos de Conclusão do Fundamental (TCF) são apresentados nas escolas do Agreste Meridional

Estudantes do 9º ano do Agreste Meridional começaram a apresentar, na última sexta-feira (25), os Trabalhos de Conclusão do Fundamental (TCF). A gerente da GRE, professora Adelma Elias, e a Secretária Executiva de Desenvolvimento da Educação e idealizadora do projeto, professora Ana Selva, estiveram na Escola Senador Aderbal Jurema, em Garanhuns, para prestigiar a produção dos estudantes.

Na escola, dois trabalhos foram apresentados no dia 25. O primeiro deles, “A História dos Jogos Eletrônicos”, culminou na produção de um jogo digital pelos estudantes, utilizando programação informatizada. O estudante Ramsés Almeida, do 9º ano B, foi um dos autores do jogo e acredita que a participação no projeto foi importante na sua orientação vocacional. “Achei importante fazer este trabalho sobre jogos eletrônicos porque uma das profissões que eu quero me formar é Ciências da Computação, e o projeto me ajudou a conhecer mais sobre a área”, afirmou.

Já o segundo grupo escolheu abordar as questões de gênero para apresentar, no documentário “História das Mulheres: Gênero ou Poder?”, a inserção feminina no mercado de trabalho. Para uma das integrantes do grupo, Raissa Lima, o TCF foi uma oportunidade de falar abertamente sobre um assunto ainda pouco debatido. “Nós já nos identificávamos com o tema e, a partir do trabalho, fomos mais além para mostrar que as mulheres já conquistaram um bom espaço na sociedade, mas ainda falta muito para que possamos conseguir os nossos sonhos profissionais sem sofrermos tantos preconceitos”, declarou a estudante do 9º ano B.

O Trabalho de Conclusão do Fundamental é uma inovação da rede estadual de Pernambuco, que começou a ser implantado a partir deste ano nas escolas. O Objetivo é despertar nos estudantes o interesse pela pesquisa, planejamento e investigação, a partir de algum tema que os alunos tenham vontade de saber mais, diagnosticar, intervir na realidade.

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Servidores da GRE participam de 6º Colegiado Interno

Como efetivação das práticas de gestão compartilhada da GRE do Agreste Meridional, aconteceu na manhã de hoje (25) o VI Colegiado Interno para os servidores da sede da Gerência. Técnicos das cinco coordenações gerais que compõem a estrutura da instituição participaram do momento.


Durante a pauta de trabalho, a gerente da GRE, professora Adelma Elias, lembrou da importância do mês de novembro como período de avaliações externas e destacou o envolvimento direto e indireto de todos para garantir aplicações de provas bem-sucedidas, sobretudo para o Sistema de Avaliação da Educação Básica de Pernambuco (SAEPE), que acontece na próxima quarta-feira (30) em todas as escolas da rede. Acerca do encerramento do ano, a gerente aproveitou a oportunidade para alinhar a participação dos técnicos nos eventos realizados pelas escolas, como forma de apoiar e prestigiar as atividades realizadas nas unidades de ensino por professores e estudantes. 

A manhã também foi marcada pelo início do projeto natalino que está sendo vivenciado na GRE. Com o tema “A Simplicidade do Natal”, cada coordenação geral terá, semanalmente, um espaço para levar a equipe da Gerência à reflexão sobre o verdadeiro espírito do período. Quem iniciou a programação foi a Coordenação Geral de Planejamento e Articulação, que recepcionou os servidores com música instrumental e utilizou vídeo, música e mensagens para despertar na equipe a fraternidade típica do Natal.